De que está à procura ?

belgica
Lisboa
Porto
Bruxelas, Bélgica
Lifestyle

Testemunhas de Jeová enchem Estádio da Luz

O Estádio da Luz vai encher a partir de sexta-feira para receber um congresso internacional das Testemunhas de Jeová, que reúne em Lisboa 60.000 participantes dos vários continentes, entre 200 países e territórios.

Os 5.300 delegados ao congresso são oriundos de 46 países, mas a assistência esperada em cada um dos três dias (sexta-feira, sábado e domingo) está estimada em mais de 60.000 pessoas, de acordo com a informação divulgada em conferência de imprensa.

Em Portugal, existem cerca de 50.000 testemunhas de Jeová, que se dedicam a “partilhar o conhecimento bíblico”, conforme frisaram os responsáveis pela iniciativa durante a apresentação à comunicação social.

“Este congresso é, sem dúvida, um marco muito importante na história da liberdade religiosa em Portugal”, afirmou Pedro Candeias, ancião e ministro religioso das Testemunhas de Jeová.

A Associação Testemunhas de Jeová assume-se como uma comunidade religiosa. Este ano, realizam-se vários congressos de três dias em diferentes pontos do mundo, sendo Lisboa uma das 22 cidades escolhidas para o evento, que decorre sob o lema “O Amor nunca Acaba”.

Na série de 24 congressos internacionais, iniciada em maio e que se estende até ao final do ano, deverão participar 14 milhões de pessoas, de acordo com os números divulgados.

Em Portugal, o congresso será apresentado em português e em língua gestual portuguesa, com tradução simultânea para inglês e espanhol.

No estádio do Sport Lisboa e Benfica, o maior do país com uma lotação de 65 mil lugares, estão já a ser montados os palcos e a logística por uma larga equipa de voluntários.

A maioria dos participantes já está em Portugal para um evento que terá “um forte impacto na economia local”. Nos dias do congresso deverão circular 400 veículos, disse outro responsável, Manuel da Silva, ao dar uma visão global do congresso.

Os participantes chegam de todos os continentes, com representações da Nova Zelândia à Índia, passando por Tonga e Samoa.

Do programa fazem parte as habituais visitas turísticas a Sintra e à praia, entre outros locais recomendados aos visitantes, como o Mosteiro dos Jerónimos e propriedades vinícolas.

De acordo com os responsáveis pelo congresso pretende-se também promover o convívio e dar a conhecer Portugal, havendo entre os participantes pessoas que nunca viram o mar ou que vivem em países que não produzem vinho.

Costa Rica, Belize, Honduras e Guatemala são outros dos países representados, a par da vizinha Espanha.

As Testemunhas de Jeová reúnem-se regularmente em sessões que estão também abertas ao público em “salões do reino” (auditórios) espalhados pelo país.

Afirmam ter o ‘site’ mais traduzido do mundo. Na divulgação preparada para este congresso referem também que editam as revistas com maior tiragem no mundo.

Apresentado como um dos maiores congressos em todo o mundo em 2019, a reunião magna das testemunhas pretende ser uma montra do universo Jeová e uma troca de experiências e reflexão.