De que está à procura ?

belgica
Lisboa
Porto
Bruxelas, Bélgica
Colunistas

Vollautomatisch

Essa última quinta foi feriado e dia em que me dei conta de que não havia pago o aluguel.

Corri ao banco pra pagar, fiz o procedimento de sempre, sem pensar, e esqueci o cartão dentro da máquina. Como cada coisa tem o seu lugar em minha microcarteira, sabia logo que ele não havia retornado. 😱

Corri ao banco e perguntei se alguém o teria encontrado, na esperança de não precisar cancelar tudo e pedir um novo.

E não é que ele estava lá me esperando?

Fora a felicidade em resolver coisas complicadas sozinha, lidar com a tensão de perder algo, sem perder a cabeça, fiquei feliz que consegui falar com uma atendente, que me ligou assim que pisei no banco, coincidentemente, a dar conta de tudo.

Não tenho mais medo de telefone, me ligam quase todo dia e a vida já é quase “normal”, que se ficar normal a gente nem acha graça e inventa mais uma coisa pra ficar doido.

Cartão recuperado sem danos e sem perder a cabeça. Ponto pra Alemanha e ponto pra mim…