De que está à procura ?

belgica
Lisboa
Porto
Bruxelas, Bélgica
Portugal

Vistos gold captaram investimento de 496 milhões em oito meses

O investimento captado através da atribuição de vistos gold ultrapassou os 496,7 milhões de euros entre janeiro e agosto do corrente ano. O volume investido representa 10,1% menos que o verificado no mesmo período do ano passado: 553 milhões de euros, segundo revelados pelo Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF).

Foram atribuídos 915 vistos gold nos primeiros oito meses do ano, segundo dados do Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF).
Até ao final de agosto foram concedidas 915 Autorizações de Residência para Investimento (ARI) – também conhecidas como vistos gold –, das quais 849 na sequência da aquisição de imóveis. A compra de casas gerou um investimento de 449,3 milhões de euros neste período, menos 8,1% que no período homólogo (489 milhões de euros).

Por transferência de capitais foram atribuídas 66 vistos gold nos primeiros oito meses deste ano, que correspondem a um investimento de 47,3 milhões de euros, menos 26% (64 milhões) que em igual período de 2019.

Em termos mensais, o investimento captado em agosto situou-se nos 57,6 milhões de euros, o que representa uma quebra de 30,1% face aos 82,5 milhões gerados no mesmo mês do ano passado. O que representou 107 Autorizações de Residência para Investimento (ARI) concedidas, 36 a cidadãos da China, 12 do Brasil, 10 da Rússia, 8 da África do Sul e 7 norte-americanos.

Desde o início deste regime, que arrancou em outubro de 2012, foram concedidos 9.122 vistos gold, que originaram um investimento global de 5,494 mil milhões de euros. Só através da compra de imóveis foram captados 4,958 mil milhões de investimentos, que se traduziram em 8.584 vistos. A transferência de capitais, por sua vez, foi responsável pela atribuição de 521 vistos, por um investimento de 530,1 milhões.