De que está à procura ?

belgica
Lisboa
Porto
Bruxelas, Bélgica
Colunistas

Testemunhos reais: Sónia Cardoso, CEO Recursos Humanos

Ao longo do percurso profissional quais os obstáculos mais relevantes que encontrou e em que fases?

Ao longo da minha carreira profissional, que ascende atualmente 15 anos no sector de Gestão de Recursos Humanos, encaro os “ obstáculos” como refere, como desafios.

Significa que encontrei imensos desafios ao longo do meu percurso profissional, uns mais complexos do que outros, uns mais difíceis do que outros, desafios que me permitiram errar, aprender, evoluir, corrigir e crescer. Obstáculos estão mais comumente ligados a problemas e dificuldades. Os Desafios são estimulantes , permitindo-nos saborear “ recompensas” sempre que os concretizamos com sucesso e com resiliência quando erramos e tudo fazemos para não cometer o mesmo erro. E nós, pessoas, profissionais, movemo-nos por recompensas , recompensas essas que se traduzem maritalmente por sensações de bem estar, satisfação e orgulho nos nossos feitos.

Em suma, um dos dois maiores desafios que encontrei foi há cerca de 14 anos, quando fui convidada para “ salvar” uma delegação numa grande multinacional de Recursos Humanos, que provavelmente iria encerrar caso o cenário não mudasse rapidamente. Consegui graças à equipa que encontrei, que apesar de assustada, continuava a acreditar no projecto. Graças a um enorme esforço conjunto, não conseguimos apenas aumentar o crescimento e liquidez da agência em 300% , como ganhámos o prémio anual da melhor agência nacional. Foi gratificante superar tamanho desafio, a sensação foi extraordinária.

O segundo maior desafio foi sem dúvida, criar e construir uma empresa de raiz, na qual apenas existia um logotipo e um nome. Deram-me uma secretária , na altura mínima, um computador lento e com talvez, uns 10 anos , e fui literalmente “ lançada” ao desconhecido e  que hoje conta já com 12 anos de vida ( SLOT Recursos Humanos). Foi de facto o desafio mais apaixonante, difícil, responsável, fascinante e com toneladas de stress, medos e receios, que se transformou numa prova superada e que me permitiu crescer, aprender e sobretudo , ensinar….

Sentiu o “poder e reflexos positivos do Networking” no seu percurso profissional?

Confesso que não foi o networking que teve o maior impacto no meu percurso profissional.

Construí tudo sozinha até chegar à função que actual ocupo, e apenas senti alguns benefícios no networking do ponto de vista da actividade comercial e desenvolvimento de negócio. Contudo, entendo que o networking ( pessoal e profissional) é um dos comportamentos mais importantes para desenvolvermos sinergias, enriquecermo-nos enquanto pessoas, e poder de alguma maneira contribuir com algo com e / ou para alguém…para ajudar pessoas. Por outro lado julgo que faz parte da competência de um líder, desenvolver as suas capacidades de relacionamento interpessoais, através de determinadas soft Skills que passam pela sociabilidade intra e inter empresarial.

Para mim, o networking só fará sentido, se conseguirmos acrescentar valor nessa relação, se o fizermos genuinamente e de forma gratuita, só assim seremos verdadeiramente compensados e positivamente.

Os projectos internacionais motivam-na?

Imenso! Em toda a minha carreira, estive em ambientes internacionais e multinacionais, para além das questões culturais, que são extremamente enriquecedoras, passa pelo desafio profissional de lidar com realidades completamente díspares às de Portugal, e que nos permitem contribuir e acolher ensinamentos.

Uma vez que enveredei pela área de Gestão de Pessoas, os projectos internacionais são muitíssimo motivantes. Ao implementar a área de consultoria na SLOT, em 2011, celebrando uma parceria com uma empresa Americana, e mais recentemente, em 2017, trazendo uma marca internacional para Portugal (a Thalento – www.thalento.com), os contactos e desenvolvimento de projectos de avaliação de performance , competências, motivação em vários países têm tido um crescendo imenso e um saber vastíssimo. Desde o desenvolvimento de projectos de avaliação de Gestores Portugueses numa gigante empresa em Angola, avaliando potenciais talentos Angolanos que pudessem substituir os Portugueses, até a avaliação de comportamentos de profissionais provenientes de vários países Europeus, e a residir em Portugal, a experiência tem sido indescritível. Alargar horizontes, saber e conhecer o que está para além de nós, é o que nos faz crescer enquanto pessoas, enquanto profissionais.

O que é o Sucesso para si?

O sucesso é estar grata pelo percurso que vivi, com todos os sucessos e adversidades, sem excepção, todos dos dias. Já repararam como a busca pelo sucesso é uma característica marcante da nossa sociedade atual? Pois é uma questão pertinente, importante, mas que é algo que todos nós procuramos e queremos ter.

Às vezes, tenho a sensação de que somos direcionados a pensar no sucesso como se estivéssemos num supermercado, e que conseguíssemos colocar no nosso carrinho de compras,  várias caixinhas de sucesso, umas para a vida pessoal, outras para a profissional e os mais diversos tipos de êxito que almejamos. Acho que todos em algum momento da nossa vida já pensámos assim… E ainda bem que colocou esta questão Susana, pois ultimamente, tenho refletido muito sobre o que é ter sucesso.

Confesso que dar sentido à expressão “ter sucesso” não foi fácil, pois é algo tão subjetivo, que desperta em mim as mais variadas emoções .

Cheguei à conclusão de que ter sucesso, prioritariamente, é ter a oportunidade de sermos verdadeiramente quem nós somos, sem precisarmos de máscaras ou de ter que inventar personagens.

Associo sucesso à garra e força de vontade , pois de facto, o sucesso depende única e exclusivamente de nós.

Para ter sucesso é necessário fazer uma profunda viagem introspetiva, conhecer os limites e potencialidades que possuímos, para, a partir daí, identificar onde se quer chegar e criar os estímulos necessários para percorrer o caminho que levará a uma vida bem sucedida, seja ela no âmbito pessoal, social, familiar ou profissional. Ter sucesso é valorizar cada elemento da nossa vida, desde os mais simples até os maiores feitos.

É interessante perceber que o sucesso assume várias facetas de acordo com as percepções de cada pessoa. Ele também é mutável, pois assume um significado diferente em cada momento da nossa vida. O que era sucesso para mim há cinco anos já não tem o mesmo sentido hoje e, certamente, não terá nos próximos cinco anos futuros.

Mas uma coisa não muda, a busca pelo sucesso deve impulsionar-nos a querer sempre sermos melhores pessoas, não só melhorando a nossa qualidade de vida, mas, também, a das pessoas que estão ao nosso redor.

Somos mais bem sucedidos quando temos a oportunidade de compartilhar o nosso bem-estar com a nossa rede de relacionamentos, pessoais e profissionais.

Com tudo isto, ter sucesso é também estar ligado ás Pessoas e saber valorizar as coisas simples da vida.

Ao longo dos anos, conheci um novo indicador de sucesso na minha vida, que é, ter Saúde!  E quando falo em saúde, refiro-me ao bem-estar e a um equilíbrio saudável da minha vida pessoal e profissional.

Na realidade, o que pretendo é desconstruir a perceção que muitas vezes temos do que é o Sucesso na nossa vida. Muitas vezes, a busca incessante pelo sucesso ( que muitas vezes nem sabemos ao certo o que é para nós) faz com que nos esqueçamos de viver . Mas, o tempo não volta atrás, nunca mais,  o que significa que já não temos a oportunidade de corrigir o que já está feito, mas que podemos ainda mudar o caminho que queremos seguir.

Vou transcrever um excerto de um texto de Ralph Waldo Emerson, que para mim, diz tudo : “ Sucesso é, rir muito e com frequência; ganhar o respeito das pessoas inteligentes e o afeto das crianças; merecer a consideração de críticos honestos e suportar a traição de falsos amigos; apreciar a beleza e encontrar o melhor nos outros; deixar o mundo um pouco melhor , seja por uma saudável criança, um canteiro de jardim ou uma redimida condição social ; saber que ao menos uma vida respirou mais fácil porque você viveu”

Entrevista conduzida por Susana Matos Miranda

Career Change Advisor

GEORGE – Assessoramos Quadros e Executivos, no seu Job Search, em Portugal, Europa, Africa e Médio-Oriente.