De que está à procura ?

belgica
Lisboa
Porto
Bruxelas, Bélgica
Desporto

Restam dois portugueses nos oitavos do europeu de ténis de mesa

Marcos Freitas e Tiago Apolónia são os únicos portugueses que se apuraram para os oitavos de final do Europeu individual de ténis de mesa, numa jornada em que ficaram pelo caminho outros cinco jogadores lusos.

Em Alicante, Marcos Freitas confirmou que é um dos melhores especialistas mundiais da atualidade e derrotou o experiente austríaco Stefen Fegerl, por 4-2, com os parciais de 11-5, 4-11, 12-14, 11-7, 11-4 e 11-8.

Vitória também de Tiago Apolónia, mas perante o espanhol Alvaro Robles, por 4-1, com os parciais de 11-7, 11-7, 11-6, 8-11 e 13-11.

No quadro masculino, ficaram pelo caminho Diogo Carvalho e João Geraldo e, no feminino, Portugal deixou de ter representantes, face às eliminações de Fu Yu e Jeini Shao.

Carvalho perdeu para o dinamarquês Jonathan Groth, por 4-1 (14-16, 11-4, 11-8, 11-2 e 11-9), e Geraldo foi afastado pelo inglês Liam Pitchford, por 4-2 (11-8, 11-9, 4-11, 4-11, 11-5 e 11-9).

Fu Yu foi surpreendida pela romena Daniela Monteiro Dodean, esposa do português João Monteiro, com 4-2 (12-10, 4-11, 4-11, 14-12, 11-7 e 11-9), e Jieni Shao cedeu para a alemã Petrissa Solja, por 4-1 (11-9, 7-11, 12-10, 11-9 e 11-6).

Em pares masculinos, Diogo Carvalho e Diogo Chen foram batidos por 4-0 pelo duo composto pelo alemão Patrick Franziska e o dinamarquês Jonathan Groth, pelos parciais de 3-11, 8-11, 7-11 e 3-11.

Fu Yu e Jeini Shao tiveram a mesma sorte no setor feminino, pois perderam frente às alemãs Nina Mittelham e Kristin Lang, por 4-2, com os parciais de 11-8, 7-11, 9-11, 7-11, 11-9 e 9-11.

Sábado, Tiago Apolónia joga contra o alemão Patrick Franziska e Marcos Freitas mede forças com outro germânico, Ricardo Walther.

Quaisquer que sejam os resultados, já é certo que não serão globalmente melhores que os da edição anterior, realizada em Budapeste, em 2016: Portugal conquistou uma medalha de ouro, em pares mistos, por João Monteiro (que não defende o título, por estar lesionado), uma de prata, por Fu Yu, em singulares femininos, e uma de bronze, por João Geraldo e Tiago Apolónia, em pares masculinos.