De que está à procura ?

belgica
Lisboa
Porto
Bruxelas, Bélgica
Colunistas

Qualquer dia…

O Parlamento Regional da Sicília aprovou uma lei em que exige que os maçons passem a declarar que pertencem à Maçonaria. Como é evidente, trata-se de algo que limita os direitos e garantias individuais e também o direito à associação.

Podemos ser contra ou a favor, não entender nada daquilo, achar que coiso e tal, que é uma organização secreta, ou então que a Maçonaria é uma organização fadada para o mal, e como tal, é necessário saber quem eles são.

Que eu saiba, a Maçonaria é proibida e perseguida em países onde imperam ditadores, e por medo! Da mesma forma que o medo fez com que o Papa Clemente XII, em 1738, excomunga-se todos os maçons, e daí e nos séculos seguintes, a Igreja, em cada um dos templos, em cada uma das aldeias, combatia a Maçonaria. A promoção da ignorância às vezes é muito útil.

Certamente o cidadão comum estará a favor dessa medida porque gosta de ver sangue, e a seguir a isso deveremos estar todos identificados com a nossa filiação partidária, religiosa e clubística.

Claro que alguns maçons cometem erros e não são boa gente, e o mesmo acontece com alguns benfiquistas, portistas, católicos, comunistas, sociais democratas e tudo o resto.

E temos que pensar muito bem nisso porque sempre que privamos de direitos e liberdades um grupo de pessoas, também estamos a dar oportunidades a que nos privem a nós de outros direitos.