De que está à procura ?

belgica
Lisboa
Porto
Bruxelas, Bélgica
Europa

Produtos biológicos portugueses promovidos na Alemanha

 A ‘InovCluster’ vai participar pela primeira vez na feira ‘BioFach’, em Nuremberga, Alemanha, entre os dias 13 e um, para promover as empresas portuguesas do setor agroalimentar biológico e aumentar as suas exportações.

Em comunicado enviado à agência Lusa, a Associação do Cluster Agroindustrial do Centro (InovCluster) explica que esta participação naquela que é considerada a principal feira internacional de produtos biológicos e orgânicos agroalimentares certificados tem como objetivo potenciar as empresas portuguesas, apresentando os seus produtos, não só ao público alemão, mas também aos diversos profissionais do setor que irão marcar presença no certame.

“A estratégia da ‘InovCluster’, em permanente cooperação com o tecido empresarial regional e nacional, permitiu a criação de um centro de referência na área da internacionalização na região Centro. Tratando-se [a feira] de um dos principais eventos mundiais do setor, constitui uma importante porta de entrada para novos mercados, sendo que contará com a presença de mais de três mil expositores de 40 países”, lê-se na nota.

A Agroindustrial do Centro realça ainda que esta participação irá proporcionar aos empresários participantes a oportunidade de estabelecer contactos com agentes económicos do setor agroalimentar biológico dos quatro cantos do mundo e gerar novas oportunidades de negócio e a possibilidade de afirmar os seus produtos no mercado mundial.

Esta primeira participação na ‘BioFach’ insere-se no âmbito do projeto ‘AgriExport 4.0′, uma iniciativa de promoção internacional e de capacitação das pequenas e médias empresas (PME) do setor agroindustrial, promovida pela ‘InovCluster’ e ‘Agrocluster do Ribatejo’.

O objetivo passa por promover o aumento das exportações e a visibilidade internacional de Portugal, sendo financiado pelo Portugal 2020, no âmbito do Programa Operacional Competitividade e Internacionalização, sendo a dotação financeira de um vírgula um milhões de euros, dos quais 941 mil euros são provenientes do Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional (FEDER).