De que está à procura ?

belgica
Lisboa
Porto
Bruxelas, Bélgica
Europa

Portugal e Croácia estabelecem cooperação militar

C

Portugal e Croácia assinaram um acordo de cooperação na área da Defesa, que abrange áreas como a indústria e que pretende promover um “relacionamento intenso” entre os dois países.

O ministro da Defesa Nacional, João Gomes Cravinho, recebeu o vice-primeiro-ministro e ministro da Defesa da Croácia, Damir Krsticevic, no Forte de São Julião da Barra, em Oeiras, local onde foi assinado o acordo.

No final da cerimónia, o ministro português assinalou que é uma “grande satisfação” iniciar um “novo momento de cooperação, de relacionamento mais intenso entre Portugal e a Croácia”, assinalando que os dois países partilham “muito mais” do que aquilo que muitas vezes é lembrado.

“Ao assinar este acordo estamos a criar aqui um quadro para que, no futuro, tiremos o melhor proveito possível das nossas convergências, que são bastantes”, referiu João Gomes Cravinho, notando que, por exemplo, interessa olharem “juntos para as transformações em curso na União Europeia”, para “aquilo que se está a passar também no âmbito da relação transatlântica e na evolução da NATO” ou para as “indústrias de Defesa numa Europa em rápida transformação”.

Assim, este acordo de cooperação na área da Defesa vai permitir “lançar as bases para um relacionamento muito mais intenso e profícuo no futuro” e desenvolver “um trabalho muito mais profundo e de proveito mútuo para Portugal e para a Croácia nos tempos mais próximos”, assinalou o ministro.

Lembrando que a última vez que um ministro da Defesa croata esteve em Portugal foi há 12 anos e que há 15 que um ministro da Defesa de Portugal não se deslocava à Croácia, Gomes Cravinho defendeu que “é demasiado tempo, sobretudo atendendo às oportunidades que existem”.

O vice-primeiro-ministro da Croácia, Damir Krsticevic, destacou que o principal objetivo deste acordo é “aumentar a cooperação bilateral na área da Defesa”, sublinhando que isso é algo “muito bom para ambos os países”.

O também responsável pela pasta da Defesa daquele país apontou que uma das áreas a que o documento dá destaque é à Marinha, e informou que haverá um intercâmbio de cadetes e oficiais na formação.

Outro dos assuntos abordados na reunião entre os dois homólogos foi a “possível cooperação entre os esquadrões de combate aos incêndios”, revelou Damir Krsticevic, uma vez que “os dois países enfrentam desafios” durante as épocas mais críticas.

Também a segurança nacional esteve em cima da mesa, uma vez que “a Croácia implementou um sistema” nesta área, que se revelou “importante para combater os incêndios”.

“Estamos prontos para partilhar a nossa experiência, uma vez que Portugal manifestou interesse nisso”, apontou o vice-primeiro-ministro da Croácia.

Quanto à indústria de Defesa, os dois países acordaram em realizar futuros encontros entre especialistas da área, por forma a “aumentar a cooperação” neste âmbito.

Damir Krsticevic aproveitou a ocasião para convidar João Gomes Cravinho a deslocar-se à Croácia.