De que está à procura ?

belgica
Lisboa
Porto
Bruxelas, Bélgica
Colunistas

O técnico da ASAE

Um dia um técnico de saúde pública foi averiguar o que um criador alentejano estava a dar aos porcos para comerem.

Ao questionar o alentejano, recebeu como resposta:

— Ê cá dô a elis tudo o que sobrã. É pã velho, é restu de cumidã que nós nã conseguimos nêm sentir o chêro.

— Mas isso é um crime, um absurdo — verberou o técnico. — Vou multá-lo em 10 mil euros por atentar contra a saúde pública!

Depois de um tempo o técnico voltou à herdade.  Ao ser novamente questionado, o alentejano respondeu:

— Ólhi! Agorã as coisãs já estã munto melhoris. Tô dando caviari, salmão defumadu e ração importadã da Françã prós bichinhos comérim!

E diz o técnico:

— Isso é inadmissível! Com tanta gente a passare fome e o senhor a dar comida de primeira aos porcos! Vou multá-lo em 20 mil euros.

Um mês volvido o técnico retornou à herdade e pergunta ao alentejano:

— O que está a dar agora aos porcos para comerem?

Diz o alentejano:

— Ólhi! Agorã ê dô dez éros a cadã porco e elis vã comêri o que quisérim e ondi quisérim!

 

Esta publicação é da responsabilidade exclusiva do seu autor.