De que está à procura ?

Desporto

Mundial de futebol de praia: Portugal em grupo “muito perigoso”

© DR

O internacional luso Bê Martins alertou para o “grupo muito perigoso” de Portugal no Mundial de futebol de praia, que arranca dia 15 de fevereiro, mas salientou que a equipa vai estar pronta para a estreia na competição.

“Um grupo muito perigoso, porque temos ali equipas muito fortes fisicamente. Então, temos de estar 100% atentos em todos os jogos, não podemos falhar, acredito que temos de ser mais próximos de nós mesmos, para atingirmos as vitórias e conseguirmos o apuramento, que é o mais importante”, afirmou, em declarações divulgadas pela Federação Portuguesa de Futebol.

O Mundial de futebol de praia decorre de 15 a 25 de fevereiro, no Dubai. 

Portugal está inserido no Grupo D e estreia-se na competição frente ao México (16 de fevereiro), joga com o Brasil dois dias depois (18 de fevereiro) e encerra a fase de grupos frente a Omã (20 de fevereiro).

“Temos de nos preocupar com nós mesmos, pois se estivermos 100 % preparados, somos favoritos. Venha quem vier temos de estar preparados para enfrentá-los e num Mundial existem sempre surpresas, por isso não gosto de nomear nomes. Que tenha surpresas, mas que Portugal esteja lá sempre nas finais”, referiu.

Portugal está a realizar um estágio de preparação em Mascate, capital de Omã, e parte domingo para o Dubai, nos Emirados Árabes Unidos.

“Eu acho que estamos a chegar a um nível em que estamos muito bem preparados, acho que estamos mais perto daquilo que era esperado e acredito que estamos quase prontos para a estreia no campeonato”, concluiu Bê Martins.

Os dois primeiros classificados de cada grupo apuram-se para os quartos de final, agendados para 22 de fevereiro, sendo que a ‘poule’ de Portugal cruza-se com o Grupo C, composto por Senegal, Bielorrússia, Colômbia e Japão.

Portugal é tricampeão do mundo (2001, 2015 e 2019), mas, na última edição da prova, na Rússia, não passou a fase de grupos.

TÓPICOS

Siga-nos e receba as notícias do BOM DIA