De que está à procura ?

belgica
Lisboa
Porto
Bruxelas, Bélgica
Colunistas

Mensagem do Partido Socialista aos portugueses residentes no estrangeiro

Caros compatriotas,

O mundo está a viver um momento muito complexo e difícil provocado pela pandemia do covid-19, que poderá ainda prolongar-se por algum tempo.

O Governo português e os governos da União Europeia e a própria União Europeia estão a tomar medidas de exceção, com particular incidência nas áreas da saúde, segurança e atividades económicas. Muitas medidas obrigam-nos a mudar totalmente os nossos hábitos em sociedade, limitando ao máximo os contactos sociais. Isto é fundamental para a nossa sobrevivência. Sim, como disse o Primeiro-ministro António Costa, estamos perante uma situação de sobrevivência que exige um esforço enorme de todos nós. E o Partido Socialista tem um pensamento muito forte para os portugueses a viver em quase todos os países do mundo, que obviamente devem também obedecer às restrições impostas, onde quer que estejam.

Pedimos a todos os portugueses dispersos pelo mundo o máximo cuidado, por si próprios, pelos seus familiares e amigos e pelos outros. Enviamos também uma mensagem de solidariedade e coragem para com aqueles que eventualmente tenham sido apanhados pelo vírus. Como já todos sabemos e foi declarado pela Organização Mundial de Saúde, estamos perante uma pandemia, isto é, uma situação global de saúde pública grave que facilmente se tem espalhado por todo o mundo.

E como em todo o mundo existem portugueses e como são muitos os que têm familiares no país, gostaríamos de deixar uma palavra de confiança na capacidade de Portugal para resolver os seus problemas e para apoiar, na medida das suas possibilidades os que se encontram no estrangeiro.

Como temos feito, aliás, relativamente, a muitos portugueses que se encontravam ou encontram retidos no estrangeiro, que nos últimos dias têm tido dificuldades em regressar a Portugal devido ao fecho das fronteiras e cancelamento de voos. Não deixaremos ninguém para trás nem deixaremos de dar todo o apoio que esteja ao nosso alcance aos nossos compatriotas residentes no estrangeiro.

O momento exige serenidade e sentido da responsabilidade individual e coletivo. Exige solidariedade entre todos e que mudemos as nossas vidas em nome do bem comum.

José Luís Carneiro (Secretário-Geral Adjunto do PS)
Paulo Pisco (Deputado eleito pelo Círculo da Europa)
Paulo Porto (Deputado eleito pelo Círculo de Fora da Europa)

 

Esta publicação é da responsabilidade exclusiva do seu autor.