De que está à procura ?

belgica
Lisboa
Porto
Bruxelas, Bélgica
Colunistas

Maurice nasceu num cemitério

Maurice nasceu num cemitério
no dia do funeral de seu pai
não fossem tão intensas a emoção
a dor e a aflição de sua mãe
falecida na hora do parto
e teria nascido um mês mais tarde

Maurice foi criado por uma tia
mulher vivíssima abastada viúva
proprietária da maior agência funerária do país

no dia em que Maurice soprou as vinte e cinco velas
a vivíssima viúva morreu em plena festa de aniversário
asfixiada com um pedaço de bolo que acabara de levar à boca

um ano e meio depois Maurice casou
casou com uma médica legista
esbelta mulher que no espaço de uma dúzia de anos lhe deu sete filhos
Maurice tinha muitos amigos
quase todos bem posicionados
apesar disso o único que tratava
por amigo de coração era Félix
um coveiro da cidade vizinha

Maurice amava a vida
amava os seres vivos
principalmente as crianças
a sua veia filantrópica levou-o a fazer importantes doações para instituições
e obras de cariz social e solidário
a expensas suas viram-se erguer uma maternidade três infantários duas escolas
um hospital e uma grande biblioteca

Maurice morreu ontem
no quarto de uma maternidade
quando na alegria de ver mais uma vida nascer
desta vez a sua primeira neta
um ataque cardíaco o fulminou

o funeral está marcado para amanhã
dia 19 às quinze horas
Maurice será sepultado no lugar onde nasceu

dm