De que está à procura ?

belgica
Lisboa
Porto
Bruxelas, Bélgica
Desporto

Joachim Löw: Portugal não é só Cristiano Ronaldo

O selecionador alemão de futebol, Joachim Löw, afirmou que Portugal “não é só Cristiano Ronaldo” e que possui “grandes jogadores que podem criar muito problemas” no jogo da segunda jornada do Grupo F do Euro2020, em Munique.

O técnico germânico, que fazia a antevisão da partida de sábado, elogiou as qualidades dos jogadores lusos, assumindo mesmo que “poderia fazer uma lista” de todas as ‘armas’ ofensivas da equipa das quinas.

“Não é uma equipa tão vertical como a França e aposta mais nas combinações. Tem grandes jogadores, que podem criar muitos problemas. Poderia fazer uma lista. Não é só o Cristiano Ronaldo. Têm Bernardo Silva, Bruno Fernandes, João Félix ou Diogo Jota. Têm jogadores de grande qualidade”, afirmou, em conferência de imprensa.

Na véspera de um embate que pode ser decisivo para a Alemanha, Löw admitiu que a ‘Mannschaft’ se “preocupou demasiado em ter cautelas defensivas” diante da França, num encontro que ditou a vitória dos gauleses, por 1-0.

“Precisamos de nos impor mais, estar preparados para correr riscos no último terço do campo. Sinto a equipa determinada e com uma enorme vontade. Todos sabem que temos e precisamos de melhorar, e vamos fazê-lo. Foi claro que criámos poucas oportunidades de golo e foi precisamente sobre isso que trabalhámos”, referiu.

Por outro lado, recusou que o desaire com a França esteja relacionado com o sistema tático que apresentou, embora assumindo que poderá proceder a alterações na partida com Portugal.

“É possível fazer alterações táticas, mas com os mesmos jogadores. Também podemos fazer alterações no ‘onze’, mas isso não é determinante. Não é uma questão tática ou do sistema. Temos capacidade e flexibilidade para jogar em vários sistemas”, observou Löw, que vai deixar o comando da seleção germânica no final do Euro2020, para ser rendido pelo seu antigo adjunto Hans-Dieter Flick, técnico que comandou o Bayern Munique nas duas últimas temporadas.

Já o médio Joshua Kimmich assegurou que “todos os jogadores sabem o que estará em jogo” na partida de sábado e que a Alemanha quer vencer Portugal.

“Queremos ganhar. Estes jogos, em competições como um Europeu, são aqueles que mais queremos disputar. Temos de mostrar o que somos capazes de fazer e encarar o jogo com a ambição de ganhar, porque temos qualidade para isso”, afirmou o médio do Bayern.

Kimmich assegurou que os germânicos estão “mais concentrados nas próprias qualidades do que nos pontos fracos de Portugal” e confessou que prefere jogar no meio-campo, como ‘6’, do que na ala direita, onde atuou no início da carreira.

“No lado direito, sinto que o jogo passa ao meu lado. No meio-campo, estou mais envolvido no jogo, é mais fácil para comunicar com os meus colegas, consigo dar indicações. Na direita, tenho de ser paciente e esperar que a bola me chegue”, concluiu.

Portugal e Alemanha jogam no sábado, a partir das 17:00 (hora de Lisboa), no estádio Allianz Arena, em Munique, em jogo da segunda jornada do Grupo F do Euro2020, que será dirigido pelo inglês Anthony Taylor.

Na primeira ronda, a seleção nacional venceu por 3-0 a Hungria, em Budapeste, com um golo de Raphaël Guerreiro e dois de Cristiano Ronaldo, e soma três pontos no Grupo F, os mesmos da França, que venceu os alemães por 1-0, em Munique, graças a um autogolo de Mats Hummels.

O Euro2020, que foi adiado para este ano devido à pandemia de covid-19, decorre até 11 de julho, em 11 cidades de 11 países diferentes.