De que está à procura ?

belgica
Lisboa
Porto
Bruxelas, Bélgica
Lifestyle

Festival leva o melhor da música clássica a Marvão

Cerca de 400 músicos, de 20 países, participam na edição deste ano do Festival Internacional de Música de Marvão (FIMM), que decorre em julho e espera mais de oito mil visitantes, anunciou a organização.

Promovido pela associação Marvão Music e pelo município, do distrito de Portalegre, o festival dedicado à música clássica vai ter lugar entre os dias 19 e 28 de julho.

“Tem sido uma aposta ganha. Temos de apoiar as pessoas que trabalham voluntariamente e capitalizam dividendos para o território e, nesse sentido, apoiamos esta iniciativa que nos promove a nível mundial”, disse o presidente da Câmara de Marvão, Luís Vitorino, em declarações à agência Lusa.

Antes da abertura do FIMM, estão previstos, nos dias 14 e 16 de julho, dois concertos na vizinha localidade espanhola de Valência de Alcântara e dois jantares musicais (17 e 18 de julho) pelo ‘chef’ Thorsten Gillert, numa unidade hoteleira de Monforte.

Teresa Salgueiro, Juliane Banse, Orquestra de Câmara de Colónia, Orquestra de Câmara de Israel (estreia em Portugal), Banda Sinfónica Portuguesa, Teatro Nacional de São Carlos, Plural Ensemble (Madrid), Divino Sospiro, Coro Ricercare, Clara-Jumi Kang, Camerata Nov’Arte, Banda Euterpe, Javier Perianes, Niek Baar e Storioni Trio são alguns dos nomes que irão atuar em Marvão.

O programa integra também o criador do FIMM, Christoph Poppen, bem como Samuel de Beck Spitzer, Sunhae Im, Trio Aventure, Marvão Festival Chorus, Marvão Festival Orchestra, John Potter, Inga Fiolia, Dominik Köninger, Felix Klieser, Filipe Pinto-Ribeiro, Flex Ensemble, Florian Berner, Ben Kim e Benjamin Moser, entre outros.

“Para a sexta edição apresentamos um programa ainda mais emocionante, no qual se inclui a estreia do Coro do Festival de Marvão para uma performance de ‘Carmina Burana’, em que convidamos todos a juntarem-se a nós”, destacou, em comunicado, o maestro e diretor artístico do FIMM, Christoph Poppen.

Além dos concertos, o festival, que conta com a envolvência dos municípios alentejanos de Portalegre, Castelo de Vide e Elvas, vai incluir exposições, cinema, concertos para crianças, visitas guiadas e apontamentos gastronómicos.

Segundo a organização, vai haver transportes públicos gratuitos entre Lisboa e Marvão e um espaço para crianças, onde os pais poderão deixar os mais novos enquanto assistem aos concertos.

O FIMM nasceu em 2014 pelas mãos do maestro alemão Christoph Poppen, tendo vindo a crescer ano após ano, tornando-se num dos “mais jovens e aclamados” festivais de música clássica na Europa.

O evento conta com o patrocínio do Presidente da República e tem como parceiros a Entidade Regional de Turismo do Alentejo e Ribatejo, Ministério da Cultura e a Santa Casa da Misericórdia de Lisboa, entre outras entidades.