De que está à procura ?

belgica
Lisboa
Porto
Bruxelas, Bélgica
Lifestyle

Conferência analisa exportação de música portuguesa

O estado da arte da exportação musical portuguesa é analisado, nos dias 15 e 16 de novembro, em Leiria, na primeira conferência que juntará profissionais e instituições do setor, e que contará com a presença da ministra da Cultura.

A Why Portugal Music Export junta profissionais e instituições do setor musical, ao longo dos dois dias, com o objetivo de avaliar o estado da exportação musical e debater experiências, conquistas, dificuldades e boas práticas, equacionando estratégias a seguir.

Nos últimos anos, a plataforma de promoção da música nacional promoveu diversas missões e produziu dois “country focus” dedicados à música nacional no Eurosonic 2017 e Waves Vienna 2018, entre outras iniciativas e apresentações.

“Esta é a altura ideal para o setor fazer um balanço e definir estratégias”, afirma Hugo Ferreira, responsável pela Why Portugal.

“A presença da tutela”, com a ministra da Cultura, Graça Fonseca, “e de instituições nacionais e internacionais relevantes são determinantes para incentivar o investimento futuro, em conjunto com a dedicação e o profissionalismo que este sector tem empregue na sua internacionalização, nestes anos iniciais”, sublinha.

A conferência conta com a presença de representantes de diversas instituições internacionais, como o Burreau Export (França), European Music Exporters Exchange, European Talent Exchange Program, Europa Criativa, Eurosonic (Holanda), Gigwise (Reino Unido), INES – Innovation Network Of European Showcases, Liveurope e NBHAP (Alemanha).

Os painéis temáticos contam com convidados como Ana Miranda (Arte Institute NYC), Ana Paulo (Fado In A Box), António Cunha (Uguru), Carlos Martins (Opium), David Santos (noiserv), Eduardo Manuel (Algarpalcos), Emerson Ferreira (Redmojo), Fernando Ribeiro (Moonspell), John Gonçalves (The Gift), Luís Ferreira (Bons Sons), Márcio Laranjeira (Lovers & Lollypops), Ricardo Bramão (Aporfest), Rui Murka (Let’s Get Lost), Sandra Oliveira (Jardins Efémeros) e Sara Simões (Produtores Associados).

A ministra da Cultura, Graça Fonseca, encerra a Why Portugal Music Export, no dia 16 de novembro.

Complementando o programa de debates, haverá ‘showcases’ de quatro artistas internacionais em processo de internacionalização: no dia 15 de novembro, O Gajo e Suma atuam ao início da noite, no Museu de Leiria; mais tarde, Vaarwell e Grandfather’s House tocam na discoteca Stereogun.

“Ao longo do encontro vão ser divulgados também resultados económicos de missões de exportação e relatórios de missões de prospeção a eventos internacionais”, avança Hugo Ferreira, da Why Portugal.

Assista ao videoclipe para o tema “Há uma festa aqui ao lado”, do artista emergente O Gajo: