De que está à procura ?

belgica
Lisboa
Porto
Bruxelas, Bélgica
Colunistas

Auschwitz

milhares de seres em existências
e trabalhos forçados
fogueiras de corpos e almas
vários barracões, pardacentos, sepulcrais
longas filas de beliches de madeira e gemidos
na margem de um rio de lágrimas
um barracão feminino
no seu interior, poças de sangue profundas
um cheiro nauseabundo
uma mulher canta
abraçada ao filho que cremaram
uma canção de embalar – é atroz
mulheres seminuas – é janeiro
mulheres mortas – é dantesco
numa parede, vivo, nítido, isto:
trabalhador do mês: a morte
dm
Esta publicação é da responsabilidade exclusiva do seu autor.