De que está à procura ?

belgica
Lisboa
Porto
Bruxelas, Bélgica

Acerca do BOM DIA

Fundado no início no ano de 2001 no Luxemburgo, o BOM DIA é o primeiro jornal em linha das comunidades portuguesas.

Inicialmente destinado à divulgação de eventos da comunidade portuguesa, o site Bomdia.lu cedo se tornou no mais completo portal informativo, no Grão-Ducado do Luxemburgo, ao serviço da comunidade lusófona.

Em 2004 um grupo de jornalistas, fotógrafos e informáticos criaram a associação sem fins lucrativos “Bomdia.lu asbl” para retomar o site, uma vez que a empresa privada que o criara deixou de investir no projeto. A associação nasceu para – e tem por objetivo nos seus estatutos – colocar à disposição da comunidade lusófona do Luxemburgo informação online em língua portuguesa.

O projeto BOM DIA passou então a ser o primeiro grupo de jornalismo associativo da diáspora portuguesa. E sob esta nova configuração conheceu vários formatos e aumentou a variedade de conteúdos disponíveis. O BOM DIA, com um número cada vez mais vasto de leitores, foi assegurando a qualidade de informação graças a uma equipa de cerca de uma centena de colaboradores, na sua maioria voluntários.

Com as parcerias que desenvolveu em países com grande presença portuguesa, o BOM DIA lançou em 2015 uma plataforma de informação destinada aos portugueses do resto da Europa, estruturada em torno do domínio BOMDIA.EU com especial destaque para a informação sobres as comunidades portuguesas de seis países: Luxemburgo, Bélgica, França, Alemanha, Suíça e Reino Unido.

Os conteúdos disponibilizados pelo BOM DIA estão também disponíveis nas redes sociais, sobretudo com forte presença no Facebook, mas também no  Twitter, Instagram e Pinterest. o BOM DIA tem mais de 200.000 seguidores nessas plataformas.

O BOM DIA foi também o primeiro site no Grão-Ducado a lançar uma web TV. Em linha desde 2011 com reportagens de vídeo que podem ser vistas nas diversas plataformas: Youtube, Facebook e Google+, o espólio de vídeos atinge mais de 700 reportagens.

O BOM DIA,  com 18 anos de existência, apresenta-se cada vez mais como uma plataforma ideal para os jovens da segunda e terceira gerações permitindo-lhes – sobretudo através das redes sociais – manter contacto com a língua portuguesa.

O BOM DIA informa com qualidade e é independente de grupos de comunicação social, partidos políticos, confissões religiosas ou lobbies.

O projeto é totalmente gerido por portugueses e lusodescendentes.