De que está à procura ?

belgica
Lisboa
Porto
Bruxelas, Bélgica
Comunidades

195 portugueses retidos na Venezuela voltaram a casa

Portugal realizou esta segunda-feira um novo voo de repatriamento a partir da Venezuela, tendo regressado mais 195 portugueses que tinham ficado retidos no país da América Latina, devido à pandemia do novo coronavírus.

“Vão 252 pessoas a bordo do avião, 195 são portugueses e à volta de 90 vão para a Madeira”, explicou o cônsul-geral de Portugal em Caracas à Agência Lusa.

Segundo Licínio Bingre do Amaral, os outros 57 passageiros são de diferentes nacionalidades, entre elas espanhóis, italianos, argentinos e húngaros.

O diplomata frisou ainda que houve “total colaboração” das autoridades venezuelanas para a realização deste novo voo de repatriamento.

O voo TP-9112 organizado pelo Consulado-geral de Portugal em Caracas em conjunto com agências de viagens locais, partiu do aeroporto internacional Simón Bolívar de Maiquetía, pelas 17:23 horas locais (21:23 horas em Lisboa).

O avião, um Airbus A330-900 (A339), deverá aterrar no Aeroporto da Portela em Lisboa, pelas 05:59 de quinta-feira.

Com este novo voo de repatriamento, segundo as autoridades lusas locais, ascende a 1.200 o número de portugueses que foram repatriados da Venezuela.

Este foi o quinto voo de repatriamento organizado por Portugal, os dois primeiros foram realizados pela AirFly a 13 de junho e 30 de agosto. A 7 de outubro a TAP realizou o primeiro voo de repatriamento e um segundo voo a 3 de novembro.