De que está à procura ?

belgica
Lisboa
Porto
Bruxelas, Bélgica
Portugal

Universidade do Porto bate recorde de estudantes estrangeiros

A Universidade do Porto (UPorto) ultrapassou pela primeira vez a barreira dos 2.400 estudantes estrangeiros com os alunos brasileiros, italianos e espanhóis nos primeiros lugares numa lista de 76 nacionalidades, anunciou esta terça-feira aquela instituição de ensino superior.

Em comunicado, a UPorto revela que, tal como nos anos anteriores, a maior parte destes estudantes que chegam àquela instituição são provenientes do Brasil e sublinha que neste ano letivo a Universidade recebeu “o maior número de sempre de estudantes estrangeiros em mobilidade internacional”.

“Dos 2.417 estudantes em mobilidade internacional na UPorto, 1.021 são brasileiros, seguindo-se os italianos (234), espanhóis (230), alemães (102) e os polacos (98)”.

Há também alunos estrangeiros oriundos do Bangladesh, China, Mongólia, Japão, Paquistão, Israel, Porto Rico ou Vietname.

Segundo a UPorto, este foi o primeiro ano em que a instituição ultrapassou a “barreira dos 2.400 estudantes de mobilidade internacional”, registando um aumento de “169 estudantes em relação ao ano anterior”.

Neste segundo semestre a UPorto vai receber na próxima quinta-feira, à tarde, 1.017 estudantes numa sessão de boas-vindas, na qual onde estará presente o reitor Sebastião Feyo de Azevedo, e ser-lhes-á oferecido um lanche convívio. O evento inclui a atuação de tunas da UPorto.

Dados da Reitoria indicam que nos últimos cinco anos – entre 2013 e 2018 –, o número de estudantes que escolheram a UPorto para realizar um período de mobilidade subiu de 1.750 para perto de 2.500, registando um aumento contínuo de ano para ano, ou seja, 1.747 em 2014, 1.784 em 2015, 2.019 em 2016 e 2.302 em 2017.

Até ao final deste ano letivo, a UPorto estima acolher mais de 4.100 estudantes e investigadores internacionais, número que representa mais de 14% de toda a comunidade académica.

A UPorto foi fundada em 1911 e no ano letivo de 2015/2016 contabilizava 29.796 alunos inscritos pelos vários ciclos de estudos (licenciatura, mestrado integrado, mestrado, doutoramento e outros cursos incluindo a mobilidade).

Contava até 31 de dezembro de 2016 com 3.942 funcionários, entre os quais 2.365 professores e investigadores, e 1.577 não docentes.