De que está à procura ?

belgica
Lisboa
Porto
Bruxelas, Bélgica
Mundo

Ponte pedonal colapsa na Florida e faz pelo menos quatro mortos

© Antoni BELCHI / AFP TV / AFP

Uma ponte pedonal em construção caiu esta quinta-feira sobre uma autoestrada em Miami, no sudeste dos Estados Unidos. A estrutura, de 950 toneladas, instalada no passado fim-de-semana, fazendo pelo menos quatro mortos e deixando soterrados, pelo menos, cinco veículos, de acordo com a polícia e o senador Bill Nelson.

As autoridades admitem que os números ainda não são definitivos.

De acordo com um porta-voz da ‘Florida Highway Patrol’ [a polícia de trânsito do estado da Florida], citado pela CNN, “cinco ou seis carros” foram esmagados pela estrutura, com cerca de 53 metros de comprimento e 950 toneladas de peso.

Um porta-voz dos bombeiros de Miami adiantou há CNN que há “muitos feridos”.

A ponte pedonal, instalada no sábado e que deveria ser inaugurada no início de 2019, dá acesso à Universidade Internacional da Florida. A estrutura custou cerca de 14,2 milhões de dólares (cerca de 11,5 milhões de euros) e foi construída na sequência de um pedido antigo dos habitantes daquela zona, agravado por um atropelamento mortal em agosto de 2017, para que assim os estudantes universitários e quem morasse nas redondezas pudesse evitar o intenso trânsito daquela estrada.

Segundo um comunicado emitido pela própria universidade, a ponte foi edificada com recurso a métodos de construção acelerados de forma a evitar constrangimentos aos utilizadores daquela via rodoviária e a reduzir potenciais riscos para os trabalhadores.

A estrutura da ponte foi construída de forma modular. O tabuleiro que atravessa a via rápida foi construído ao lado da faixa de rodagem, tendo sido colocado na posição final, sobre os pilares, no passado sábado.

A estrutura atravessa uma autoestrada com sete vias, que liga o ‘campus’ da Universidade à cidade de Sweetwater, onde vivem cerca de quatro mil estudantes.

Em comunicado, a instituição de ensino superior diz estar a cooperar com as autoridades nos esforços de socorro e remete atualizações para mais tarde.