De que está à procura ?

belgica
Lisboa
Porto
Bruxelas, Bélgica
Bélgica

“O melhor de Portugal” em Bruxelas

Realizou-se nos dias 04 e 05 de julho, em Bruxelas, a terceira edição da feira “O Melhor de Portugal”, com a apresentação de produtos agro-alimentares portugueses. O evento teve lugar no Parque Cinquentenário, numa organização conjunta da CAP, do eurodeputado português Nuno Melo e da associação A Ponte, contanto com o apoio do Partido Popular Europeu (PPE).

A iniciativa teve como objetivo “promover o que de melhor se faz em Portugal e a qualidade de excelência dos produtos agro-alimentares portugueses, nomeadamente vinhos, queijos, enchidos, azeites, méis, frutas e hortícolas, entre outros”, para além de “mostrar um pouco da nossa cultura, artesanato, bailado, música”. Pretendeu-se promover a comercialização de produtos agro-alimentares e abrir a possibilidade de desenvolver contactos entre empresas, tendo em vista a exportação.

A Ponte, associação que promove Portugal e os emigrantes portugueses na Bélgica, dinamizou o evento com cultura portuguesa, artesanato e música. A iniciativa incluiu-se no programa de participação em feiras internacionais, destinado a internacionalizar as empresas do setor e promover as exportações, implementado pela CAP, e contou com a participação de 28 empresas.
O vice-primeiro-ministro e líder do CDS-PP, Paulo Portas, visitou a feira na parte da manhã de sábado e elogiou o crescimento das exportações agroalimentares.

“Quando se fala do sucesso das exportações é preciso reconhecer a parcela agrícola. As exportações agroalimentares até crescem mais do que a média das ouras, estão a crescer cerca de 7%”, disse Paulo Portas aos jornalistas presentes

Recusando que já esteja em campanha eleitoral para as legislativas que acontecem depois do verão, Paulo Portas disse que aproveitou esta feira, como é seu costume, para comprar produtos portugueses para abastecer a despensa.

“Há uns anos atrás Portugal exportava 3500 milhões de euros por ano em produtos agroalimentares. Neste momento, já ultrapassou os seis mil milhões de euros”, referiu ainda, lembrando que estas exportações representam cerca de 20% do total exportado anualmente em bens transacionáveis.

O democrata-cristão elogiou ainda o trabalho do Governo de que faz parte no aproveitamento dos fundos do programa europeu PRODER, para o desenvolvimento do meio rural, e referiu ainda a “abertura de 265 novos certificados para novos produtos portugueses, que podem ser exportados para mais de 75 países”.

Quem também esteve presente nesta feira foi o José Cesário, Secretário de Estado das Comunidades Portuguesas, bem como o Embaixador de Portugal na Bélgica.