De que está à procura ?

belgica
Lisboa
Porto
Bruxelas, Bélgica
Comunidades

Maria do Rosário Pedreira: a caminho do Luxemburgo para ouvir falar português

Maria do Rosário Pedreira é uma das convidadas do Salão do Livro que este fim-de-semana, 3 e 4 de março, tem lugar no Luxemburgo.

A autora do livro “Poesia Reunida” tem também vasta experiência em literatura infantil tendo escrito sucessos que foram adaptados à televisão e escreve também letras para vários fadistas Portugueses como Carlos do Carmo ou Ana Moura.

O BOM DIA colocou algumas questões a esta autora que está prestes a embarcar para o Luxemburgo.

Como podemos estimular o gosto pela língua e pela literatura portuguesa nas comunidades portuguesas no estrangeiro?

Penso que o primeiro passo será nunca deixar de falar a língua materna em casa e depois ler às crianças e com as crianças livros em português. Mas sabemos como isso é difícil, até porque os adultos são muitas vezes os primeiros a adotarem a língua do país de acolhimento.

Alimenta diariamente o seu blogue “Horas Extraordinárias” onde expõe o meio da literatura e da publicação a quem o quiser ler. Será que se fala e escreve pouco de livros hoje em dia?

Há cada vez menos espaço para os livros nos meios de comunicação, embora se saiba que as indústrias culturais têm grandes receitas. Aproveito o blogue para espalhar notícias e promover o que leio e publico.

Enquanto editora ajudou ao lançamento de uma nova geração de autores tais como José Luís Peixoto, Valter Hugo Mãe, João Tordo, entre outros. Já teve a felicidade de encontrar um autor “revelação” na diáspora portuguesa? 

Sim, Aida Gomes, residente na Holanda e luso-angolana. Nesta altura ela está a trabalhar na Libéria por ser funcionária das Nações Unidas.

Tendo já visitado o Luxemburgo há alguns anos, o que mais a marcou da sua última visita e o que espera encontrar nesta nova deslocação?

A quantidade de vezes que ouvi falar português! E agora estou curiosa com o festival das Migrações, que ainda não conheço.