De que está à procura ?

belgica
Lisboa
Porto
Bruxelas, Bélgica
Colunistas

Escrever a cada dia

Ser poeta é falar com toda a gente,

escrever o que nem sempre se sente,

é ser barco na maré cheia da poesia,

num oceano profundo e transparente.

 

Ser poeta, não é ser parvo, nem louco,

nem demónio, nem anjo, é ser constante,

conhecedor da dor, da alegria e da emoção.

 

Ser poeta não é ser cruel, nem apático,

escrevendo e voar num céu azul,

mas ter os pés bem assentes no chão,

escrevendo e reflectindo,

num mundo de contradição.

 

Ser poeta, não é ser letrado, nem professor,

nem vivendo num palácio, ou num caniço.

Ser poeta é ser criativo, e dando amor,

descrever a vida, a esperança, e ser castiço.

 

O poeta morre e vive de pé bebe aguapé

Sente amor sente dor, fé e inspiração.

 

O poeta dorme se for preciso à cacimba,

rompendo os nervos e a emoção radical,

rompe tudo, quebra-nozes, é porta-voz

de tudo que é sério e quase banal.

 

Ser poeta, é escrever poesia cada dia,

por que tive um sonho celestial e risonho.

Penso que foi numa noite de Agosto

Quando acordei e olhei a poesia no rosto.

depois a cingi fortemente contra o meu peito

quando de amarguras já estava desfeito.