De que está à procura ?

belgica
Lisboa
Porto
Bruxelas, Bélgica
Europa

CSU perde maioria absoluta na Baviera

O partido conservador do atual ministro do Interior alemão, Horst Seehofer, perdeu a maioria absoluta no estado alemão da Baviera, no sul do país, nas eleições regionais de ontem. A CSU, formação política gémea da CDU, da chanceler Angela Merkel, terá obtido 35,5% dos votos, sofrendo aquilo a que o “Welt” chamou “a derrota mais dolorosa dos últimos 50 anos”. A confirmar-se este resultado, é uma queda substancial para a CSU que em 2013 obteve 47,7 por cento dos votos.

Em segundo lugar ficaram os Verdes, que mais do que duplicaram a sua votação no estado para (18,5% a 19%), beneficiários da grande queda dos sociais-democratas do SPD – que baixaram mais de 10% e vão passar, ao que tudo indica, de segundo maior partido local a apenas quinto.

A votação relativamente baixa no AfD parece ser a única boa notícia para Merkel (e Seehofer). O AfD que conseguiu 12,4% nas eleições nacionais do ano passado na Baviera, não terá conseguido manter esse nível de votação, nem capitalizar o papel de líder da oposição no parlamento alemão. Mesmo assim, com esta votação na Baviera, o jovem partido passa agora a ter eleitos em 15 dos 16 estados da federação alemã. “O 15.º parlamento foi ‘conquistado’”, foi a mensagem deixada no Tweeter do partido na Baviera depois de serem conseguidos as sondagens à boca das urnas.

A vice-presidente do governo bávaro, Isle Aigner, atribuiu as culpa do mau resultado da CSU ao governo federal, liderado por Merkel, e afirmou que o partido está preparado para falar com todos os partidos, com excepção da AfD, para discutir uma coligação para o executivo regional.