De que está à procura ?

belgica
Lisboa
Porto
Bruxelas, Bélgica
Comunidades

E se o consulado mais próximo ficasse a 4.000 quilómetros?

O Secretário de Estado das Comunidades Portuguesas, José Luís Carneiro, estará presente no arranque da permanência consular realizada, na cidade de Perth (Austrália), por colaboradores do Consulado Geral de Portugal em Sydney.

Trata-se da permanência mais consular mais distante de toda a rede consular portuguesa, visto que Sydney e Perth distam entre si cerca de 4000 quilómetros.

O programa de permanências consulares abrange diversos países e postos consulares e permite a realização de atendimentos descentralizados por parte dos colaboradores dos serviços consulares portugueses, que podem emitir cartões de cidadão, passaportes, realizados atos de registo civil, efetuar inscrições consulares ou prestar outros esclarecimentos.

“Graças às permanências consulares, os portugueses no estrangeiro residentes em áreas mais distantes dos serviços consulares têm acesso aos serviços públicos de forma mais cómoda”, pode ler-se em nota enviada à imprensa pelo gabinete de José Luís Carneiro.

A permanência consular em Perth terá lugar, entre os dias 12 e de 16 de março, na sede do Clube Português da Austrália Ocidental, localizado em Freemantle (Perth).

A presença nesta iniciativa será um dos últimos atos da visita de José Luís Carneiro à Austrália e Nova Zelândia, que se iniciou no dia 4 de março e foi a mais extensa desde que assumiu funções. Desde essa data, o governante visitou as cidades de Melbourne, Sidney e Perth, na Austrália, e de Auckland e Wellington, na Nova Zelândia. A viagem totalizou 46 mil quilómetros.

Esta deslocação contou com a presença do presidente do Camões, Luís Faro Ramos, do Embaixador de Portugal na Austrália, Paulo Cunha Alves e do Cônsul Geral de Portugal em Sidney, Paulo Domingues.
Residem cerca de 55 mil portugueses na Austrália, enquanto na Nova Zelândia o número de cidadãos nacionais ronda os 1500.